Para a geração que adora tirar selfies o tempo inteiro, os autorretratos são um meio de expressão e comunicação. Porém, em breve, as fotografias tiradas com o seu smartphone poderão ser utilizadas para um fim muito mais importante: segurança.

A MasterCard está testando um sistema de identificação biométrico que usa a câmera frontal do celular e uma tecnologia de reconhecimento facial para autorizar pagamentos.  E, para garantir que nenhum criminoso use fotos roubadas para burlar o esquema de proteção, o app exige que o usuário pisque os olhos durante o processo de verificação.

Segundo Ajay Bhalla, chefe de segurança da MasterCard, a empresa espera que o método agrade principalmente a geração de millenials que é viciada em selfies.

Biometria

Entretanto, vale destacar que a MasterCard não é pioneira no reconhecimento facial para autorização de pagamentos. Algumas companhias menores, como a Uniqul, já investiram no sistema para transações mobile e a Diebold tentou usar a ideia em caixas eletrônicos.

Porém, o investimento da MasterCard seria mais fácil de ter uma aceitação maior e se popularizar por conta da base instalada de usuários. A empresa também está desenvolvendo um sistema de pagamentos que usa escaneamento de impressões digitais e outro que utiliza autenticação por voz.

Inicialmente o método de reconhecimento facial será testado como um projeto-piloto com 500 usuários, mas a empresa afirma que ele inevitavelmente será disponibilizado para todos os usuários.

Cupons de desconto TecMundo: