Em novembro do ano passado, nós publicamos uma notícia que mostrava o aparelho que seria a revolução no mundo dos cartões de crédito. O “Coin” é um dispositivo que se parece muito com um cartão comum, mas que pode copiar todos os seus cartões de crédito e débito e armazená-los em sua memória para que você carregue apenas um deles em sua carteira.

A ideia é ótima e, por isso, a empresa conseguiu um financiamento coletivo para colocar o aparelho no mercado. Porém, o prazo de entrega para os apoiadores já expirou e, agora, foi prorrogado para 2015. Na verdade, a empresa começou uma nova fase de testes com seus dispositivos nos EUA e deve escolher 10 mil pessoas para participar. Assim, quem foi apoiador pode escolher receber seu cartão agora e se tornar um testador ou esperar até 2015 para receber o aparelho finalizado.

Problemas

Como era de se esperar, o Coin está enfrentando uma série de problemas para se tornar uma ferramenta totalmente funcional. Para começo de conversa, ele só copia cartões que não possuem um chip tradicional. Seu mecanismo de segurança, portanto, é um chip Bluetooth LE que avisa o seu smartphone que o cartão foi deixado para trás ou está longe de você.

Fora isso, nos testes preliminares, apenas 85% das vezes em que o Coin foi utilizado ele realmente funcionou. Isso em apenas três cidades dos EUA. Portanto, ter o pagamento recusado com o Coin é algo um tanto comum até o momento, infelizmente.

De qualquer maneira, essa é uma solução muito interessante e que tem potencial para se expandir para o mundo inteiro, mas isso só será possível se ele funcionar sem esses problemas que podem irritar os clientes. Mesmo assim, vale a pena ficar atento a essa novidade, que pode até concorrer com os pagamentos via NFC em um futuro próximo.

Cupons de desconto TecMundo: