Conforme informou a publicação britânica Car Magazine, especializada em veículos automotores, a BMW deve colocar no mercado um novo modelo da série i em 2020, para juntar-se aos já lançados i3 e i8. Chamado i6, o carro elétrico com autonomia de 483 km deve ser um crossover, um automóvel fabricado utilizando a base de um carro de passeio com adaptações para adquirir características de um SUV.

A montadora alemã ainda está em dúvida se o i6 vai ser um veículo movido apenas a bateria elétrica, se vai possuir célula de combustível ou se vai ser um carro híbrido. O que eles já decidiram, porém, é pelo uso de baterias de polímero de lítio, ainda torcendo para que a tecnologia por trás delas avence o suficiente durante esse tempo de modo que seja capaz de produzir baterias de 500kWh por um preço acessível.

Focando no mercado

Apesar da intenção da BMW em fazer um veículo extremamente leve, assim como fez com o i3 e o i8, a utilização de fibra de carbono pode tornar o veículo mais caro do que o esperado, e a montadora alemã já deixou bem claro que pretende vender uma quantidade alta de carros desse modelo – algo em torno de 60 mil por ano.

Especula-se que a aparência do i6 deve lembrar bastante o Citroën DS5 e possivelmente a concorrência de marcas como Audi e Mercedes-Benz – que também estão planejando lançar veículos similares até 2020 – vai estar no caminho das intenções de mercado da BMW.

Qual será o futuro do mercado automobilístico com a popularização de carros elétricos? Comente no Fórum do TecMundo