A Toyota acaba de anunciar a versão 2016 de seu famoso carro híbrido – movido à gasolina e elétrico ao mesmo tempo. Inspirado nas linhas de outro carro da montadora – o Mirai, movido a hidrogênio –, o novo Prius aposta em um design muito mais agressivo para conquistar os consumidores.

A imprensa internacional, no entanto, tem descrito o veículo com adjetivos como esquisito e estranho, mesmo que a Toyota diga que as linhas do carro sejam “um colírio”. O novo Prius é o primeiro carro da companhia a ser construído sob a Nova Arquitetura Global Toyota (TNGA, na sigla em inglês).

O visual novo também trouxe medidas mais amplas para o modelo, que é cerca de 6 centímetros mais comprido, 1,5 centímetro mais largo e 2 centímetros mais baixo do que sua versão anterior. O centro de gravidade do automóvel também foi deslocado para baixo, o que deve “aumentar a emoção de dirigir”, segundo o comunicado à imprensa divulgado pela companhia japonesa.

Na parte de dentro, o que chama atenção é o novo painel, que centraliza todas as informações, em vez de mantê-las atrás do volante. A posição da alavanca do câmbio também é incomum, pois mudou do console para a parte de baixo do painel central, enquanto em seu lugar ficou um espaço para carregar o celular. O Prius 2016 sai no começo do ano que vem em sete cores diferentes. Não há informações referentes ao preço ou consumo médio do modelo até o momento, mas a Toyota promete uma melhora de desempenho de 10% em relação à edição anterior do Prius.

O que você achou do visual "agressivo" do Toyota Prius 2016? Comente no Fórum do TecMundo