A tecnologia segue a passos largos por todos os setores da indústria, facilitando tarefas corriqueiras e trazendo conforto para os consumidores. A prova disso é a integração cada vez maior entre carros e aparelhos mobile, algo que é incentivado por empresas como a Hyundai e seu aplicativo Blue Link. O app já está disponível para celulares Android há um bom tempo, mas a sua versão mais recente traz suporte ao Android Wear e permite que o usuário possa realizar diversas ações remotamente, sem precisar tocar no veículo.

O software foi criado pela empresa sul-coreana em 2011, para mostrar o que era possível fazer à distância com o seu recém-lançado Sonata modelo 2012. A notícia de que o Blue Link chegaria ao universo dos dispositivos vestíveis já havia sido divulgada pela companhia durante sua participação na CES 2015, mas só agora chega efetivamente à Google Play. A atualização do aplicativo na loja virtual traz diversas reformulações de alguns de seus comandos, se focando na praticidade e permitindo uma série de comandos de voz.

Claro que para usar os recursos é preciso ter um carro da Hyundai, além da necessidade de ser um veículo que tenha a tecnologia remota instalada nele – tanto a versão mais antiga como a segunda e mais atual. Uma vez pareado com o aparelho, basta tocar nos ícones da tela ou falar com seu smartwatch para ligar e desligar o motor do carro, acender os faróis, ativar a buzina, localizar seu automóvel no estacionamento ou chamar ajuda na estrada caso seja preciso.

Com a adição dos vestíveis à lista de possibilidades de interação com os seus veículos, a empresa brinca que os consumidores podem se sentir verdadeiros personagens de filmes hollywoodianos. “Agora você pode ligar seu carro remotamente através de um smartphone, smartwatch, laptop, computador ou tablet. É como ser James Bond ou o Scotty, de Star Trek”, diz um trecho do comunicado oficial sobre a atualização do Blue Link. A Hyundai confirmou que haverá uma versão do aplicativo para o Apple Watch pouco depois do lançamento do produto.