Se você realmente se interessa por carros, já deve ter visto notícias sobre o conceito de novos veículos aqui no Tecmundo — clicando aqui e aqui, você pode conferir alguns artigos como exemplo. Acontece que a criação de conceitos não é algo exatamente novo, de modo que há registros de projetos feitos há muitas décadas.

Por conta disso, o High Museum of Art de Atlanta está expondo diversos modelos antigos — alguns com mais de 50 anos — e que ajudaram a construir a indústria automotiva atual. Além disso, o mais bacana é que alguns desses projetos continuam com uma aparência charmosa e um tanto quanto futurista.

Nós, do Tecmundo, selecionamos cinco desses automóveis que nunca foram produzidos em massa para que você conheça um pouco da história deles. E, caso você ache o conteúdo deste artigo interessante e queira saber mais sobre o assunto, clique aqui para acessar a página do museu de Atlanta e confira todos os conceitos mostrados por eles.

Um Bugatti da terceira idade

Na imagem acima, você pode conferir o resultado de um projeto (de 1935) feito por Jean Bugatti e Joseph Walter, chamado Bugatti Type 57S. Construído pela The Guild of Automotive Restorers, todo o trabalho foi feito a partir de algumas fotografias, especificações conhecidas e uma pintura feito pelo próprio Bugatti.

Um carro, um míssil ou um avião?

Este carro se chama Firebird I XP-21 e foi concebido no ano de 1953. O design é de autoria de Harley J. Earl, Robert “Bob” McLean e também da empresa GM. A própria General Motors foi a responsável pela fabricação do veículo, que foi o primeiro a utilizar uma turbina a gás testada nos Estados Unidos.

Bem (bem) perto do chão

A Ferrari Pininfarina 512 S, de 1970, é um carro de aparência bem peculiar, assim como você pode conferir acima. O design foi desenvolvido por Paolo Martin, sendo que o veículo tem apenas 93 centímetros de altura. Isso aconteceu pelo simples fato de que o projeto foi criado para uma competição para constatar qual empresa seria a responsável pelo carro mais baixo da época.

Algo bastante especial

O carro acima se chama Norman Timbs Special e foi feito em 1947. Esse nome foi escolhido porque o designer automotivo Normam Timbs concebeu este veículo para o seu uso exclusivo — e é por este motivo que o carro não foi produzido em massa. E aí, você achou que o homem tinha bom gosto?

Pedido direto do chefão

Em 1934, Edsel Ford, o presidente da empresa Ford na época, havia acabado de voltar aos Estados Unidos de uma viagem que ele fez para a Europa. Por conta de tudo o que ele viu por lá, ele pediu para o seu “chefe de estilo”, Eugene “Bob” Gregorie, um automóvel esportivo, com um design que dissipasse o vento e muito estilo. O resultado foi o Edsel Ford Model 40 Special Speedster que você pode apreciar acima.