Ampliar (Fonte da imagem: Divulgação/Toyota)

A Tokyo Motor Show 2013 foi palco de um veículo dos mais estranhos que você pode imaginar. O Toyota FV2 (“Fun Vehicle 2” ou “Veículo de Diversão 2”) já chama a atenção por sua estrutura incomum, com rodas posicionadas de maneiras bem diferentes e um design que faz com que ele pareça ter saído diretamente de um filme de ficção científica.

A parte realmente curiosa, porém, fica para o computador de bordo do FV2, cuja proposta, de acordo com a própria Toyota, é criar um “relacionamento de confiança e compreensão” similar ao que um “cavaleiro pode ter com seu cavalo”. Isso porque ele, através de sistemas de reconhecimento de imagem e voz, aprende a entender o humor de quem o dirige, além de criar um histórico de trajetos feitos.

Dessa maneira, o software pode auxiliá-lo com o que for melhor para a situação, como dicas de atalhos e outras recomendações de segurança. Tudo isso é mostrado no avançado para-brisas do carro, que exibe os dados em um sistema de realidade aumentada.

Ampliar (Fonte da imagem: Divulgação/Toyota)

Conexão emocional e física

Se você achava que a proposta de ligação entre piloto e máquina acabava aqui, saiba que não poderia estar mais enganado. Para aumentar a necessidade de um trabalho conjunto, o FV2 não possui qualquer volante – no lugar disso, o piloto precisa inclinar o corpo para fazer o carro andar para frente, para trás ou para os lados.

Até aí tudo bem, se não fosse por um pequeno detalhe: você faz tudo isso de pé, sem qualquer apoio. Para deixar a situação um pouquinho mais perigosa, você está completamente exposto, como a imagem no início da matéria mostra, visto que não há proteções nas laterais ou na parte traseira do veículo.

O objetivo da Toyota com o FV2, porém, não é deixá-lo em total risco no meio de uma estrada movimentada. A ideia aqui é que todos os veículos da linha se interconectem, para trazer informações mais precisas de fatores como pontos cegos e outros perigos da estrada – conseguir evitar de cair do carro, por outro lado, ainda depende de suas habilidades.

É claro que, por enquanto, este veículo não tem qualquer previsão de sair do papel. Mas, para os curiosos em ter uma ideia melhor de como seria dirigir o FV2, a Toyota lançou um game simples do carro para Android e iOS que pode ser baixado de graça na App Store ou no Google Play. Com isso, fica a pergunta: você se arriscaria a pilotar um desses?