(Fonte da imagem: General Motors)

A General Motors iniciou na última terça-feira (18 de outubro) a demonstração de um novo sistema de comunicação portátil que promete diminuir o número de acidentes no trânsito. Com formato semelhante a um GPS, o dispositivo estabelece “conversas” entre diferentes veículos, alertando motoristas sobre problemas no trajeto e possíveis situações de risco.

O protótipo desenvolvido pela montadora utiliza a tecnologia Dedicated Short-Range Communication (DSRC, ou comunicação dedicada a curta distância) para compartilhar dados entre diferentes carros. Não só a tecnologia detecta outros motoristas, como permite que o usuário fique ciente quanto a zonas de construções, atividades policiais ou congestionamentos pelo caminho.

A novidade possui alcance de até um quarto de milha (aproximadamente 400 metros), permitindo que os motoristas saibam quando outro carro está com a tração comprometida devido a condições ambientais ou quando há a possibilidade de haver uma colisão quando se passa por um cruzamento.

Mapeamento do trânsito em tempo real

O sistema de comunicações também poderá ser usado por pedestres e ciclistas que possuírem um smartphone equipado com a tecnologia DSRC, o que deve resultar no desenvolvimento de mapas de trânsito atualizados em tempo real. O pesquisador da GM Don Gimm afirmou que “em vez de simplesmente ver o que está na frente deles, motoristas serão capazes de saber sobre o caminhão que está paralisando a pista a 400 metros de distância”.

A característica que mais de destaca na tecnologia é a possibilidade de instalação em veículos antigos, o que permitirá sua rápida disseminação. Caso a novidade se torne um padrão nos próximos anos, podemos estar próximos de cenários como os vistos em filmes como “Eu, Robô”, nos quais os carros possuem inteligência o bastante para dispensar quase que totalmente os comandos do motorista.