Com o sucesso da Tesla ao mexer no mercado de carros e os investimentos da SpaceX na exploração do espaço, seria de se imaginar que o desenvolvimento de carros voadores esteja em algum lugar no futuro dos planos de Elon Musk. No entanto, parece que isso não poderia estar mais longe da verdade, pelo menos de acordo com uma entrevista recente concedida pelo bilionário para o Bloomberg.

Conversando com a publicação a respeito de seus planos para criar um sistema de túneis de transporte, Musk disse que acha que carros voadores são uma ideia ruim para a mobilidade urbana. Segundo ele, pode até ser que sua investida de escavação soe como algo maluco, mas mesmo assim seria menos insano do que ter carros voando pelas cidades.

A pessoas não ficariam tranquilas com carros pesados voando acima de suas cabeças

“Obviamente, gosto de coisas voadoras. Mas é difícil imaginar um carro voador virando uma solução escalável”, disse o executivo. Entre os problemas, Musk ressalta o vento e o barulho que seriam projetados contra as pessoas no chão e, mais importante, o risco de detritos pesados caindo caso uma batida aérea aconteça. “Se alguém não fizer a manutenção de seu carro voador, ele poderia derrubar uma calota e te guilhotinar. Seu nível de ansiedade não seria reduzido com coisas que pesam tanto zumbindo acima da sua cabeça”, pontua.

Imagine isso logo acima da sua cabeça

Há quem discorde

A despeito da opinião de Musk, vários nomes de peso estão pensando em carros voadores, incluindo o cofundador da Google, Larry Page, que financia a startup Zee.Aero. Tanto essa companhia quanto a Uber estão investindo em veículos de decolagem e pouso verticais (VTOL, na sigla em inglês), capazes de transportar pessoas pelas cidades sem necessitar de pistas de pouso.