Quem curte carros e é mais purista deve estar mordendo o teclado depois de ver o vídeo acima, feito pelo pessoal da Donut, para promover o novo projeto do piloto Ryan Tuerck – que poderia muito bem se chamado de Dr. Victor Frankenstein do mundo do drift.

Tudo bem que a turma que gosta de andar de lado é acostumada com adaptações de carros pouco convencionais e trocas de motores, mas Tuerck resolveu esculhambar de vez e vai colocar o motor de uma Ferrari no cofre de um relativamente pequeno Toyota GT86. O V8 é da família F136, que equipou modelos como a F430 até a recente 458 Speciale – o que significa que a potência poderá ser de até 600 cavalos.

"Se cabe, eu fico"

Além do projeto em si – afinal de contas, é um motor de uma Ferrari! –, o que impressiona é a forma como ele terá que ser executado, já que, pela foto acima, dá pra perceber que o propulsor italiano é um pouquinho grande demais pra carroceria do foguetinho japonês. As imagens até mostram tudo no lugar, mas nada está devidamente montado e adaptações significativas terão que ser feitas.

De qualquer forma, é algo realmente maluco, como todo projeto de drift deve ser.