Você já deve ter lido no Baixaki a respeito da tecnologia City Safety do Volvo S60, o carro que freia sozinho ao detectar colisões iminentes com outros veículos. Além de aprimorar a eficiência contra colisões contra outros veículos.

O mecanismo de segurança do modelo 2011 é capaz de detectar pedestres e evitar atropelamentos. Mesmo que o motorista não reaja a tempo, o veículo freia sozinho e evita maiores danos com o acidente.

Mais segurança nos centros urbanos

O City Safety da Volvo utiliza um sensor no para-brisa para detectar os veículos que representam uma ameaça ao condutor. Já modelo 2011 do S60 conta com um sistema de radar na grade frontal do veículo em conjunto com uma câmera, aumentando sensivelmente a precisão do equipamento. Qualquer objeto com 80 cm de altura ou mais é interpretado como obstáculo, mesmo uma criança pequena.

Volvo S60.

Os sensores também diferenciam veículos de pedestres e podem até prever a movimentação dos obstáculos. Ou seja, mesmo que uma pessoa não esteja diante do carro, a central analisa se esta pode se deslocar para a pista. O mesmo acontece ao detectar outros veículos estacionados ou em movimento à sua frente, isso aumenta a segurança do condutor.

Mais tempo de resposta

O sistema antigo só era capaz de evitar colisões com o deslocamento de até 15 km/h. Já com os novos implementos, o S60 freia completamente até a 35 km/h. O sistema não é capaz de parar totalmente o veículo para velocidades superiores a essa, mas diminui ao máximo a intensidade do impacto. Para um pedestre, esta pode ser a diferença entre um acidente fatal ou apenas danos superficiais.

Cabe ao motorista ajustar a velocidade de cruzeiro e a distância de segurança entre os demais veículos. Quando a central detecta o perigo de colisão, o condutor recebe um aviso sonoro e visual alertando-o da iminência. Caso o freio manual do carro não seja acionado a tempo, o computador central se encarrega de frear o veículo com intensidade máxima.

Enquanto alguns buscam tecnologia para extrair maior potência do veículo ou proporcionar mais conforto ao condutor, a Volvo não cansa de investir em segurança. A empresa desenvolveu uma série de equipamentos que hoje são obrigatórios como o cinto de três pontas e o air bag. O sistema capaz de evitar atropelamentos ainda é exclusivo da marca, mas será que algum dia ele vai se tornar comum a todos os veículos?