Os recentes protestos contra a presidente Dilma Rousseff se tornaram arma para enganar o público brasileiro através de um novo golpe virtual. Segundo um relatório feito pelo grupo ESET, um trojan estaria sendo distribuído através de um email falso, dizendo ser uma gravação em que a presidente debocha das ações e passeatas feitas pelos brasileiros.

Como já é padrão para os malwares desse gênero, as vítimas são alvos de um método extremamente simples. Ao receber o email e tentas abrir o arquivo HTML anexo, a pessoa é redirecionada para um download do Dropbox – este, obviamente, não se trata do tal vídeo, mas do trojan.

Quando tem sucesso na infecção, o vírus passa então a roubar dados e credenciais bancárias do seu PC, quando você tenta acessar os serviços de seu Home Banking. Indícios de que o computador foi infectado incluem:

  • Uma mensagem de erro é mostrada ao tentar se conectar em um site de um banco-alvo, caso você esteja usando um navegador diferente do Internet Explorer;
  • Ao acessar sua página do banco pelo Internet Explorer, o navegador o encaminha para uma página falsa. Preencher seus dados de login resulta apenas em uma mensagem de erro.

Acima, o email usado no golpe para enganar o público

Caindo no truque mais velho da net

Estima-se que, até o momento, o golpe já recebeu mais de 4 mil cliques. Obviamente, 98% deles são provenientes do público brasileiro. Caso pense ter sido vítima do alvo, é recomendável utilizar seu antivírus para tentar identificar o trojan e, em seguida, trocar todas as senhas de seu home banking.

“Os usuários precisam ficar atentos a esse tipo de golpe”, começou Camillo Di Jorge, Country Manager da ESET Brasil. “Além de manterem um sistema de segurança da informação instalado e atualizado no computador ou qualquer outro dispositivo de acesso à internet, nunca devem clicar em links ou anexos de fontes não confiáveis”, afirmou.

Cupons de desconto TecMundo: