As eleições estão se aproximando e é chegado o momento de ficarmos atentos aos candidatos e em quem vamos votar. Mais do que isso, é essencial ficar atento aos procedimentos de segurança e à veracidade dos resultados divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Pensando nisso, o aplicativo “Você Fiscal” foi desenvolvido por Diego Aranha, um professor de ciência da computação da Unicamp.

O projeto dele é financiado colaborativamente através do site Catarse, sendo que ele já adquiriu o valor total para produzir o app em colaborações (30 mil reais). O objetivo do app é fiscalizar o resultado das eleições, já que há dois anos foi constatado que os sistemas atuais de voto não são seguros pelo próprio Diego Aranha, podendo ser manipulados e usados indevidamente. Desde então, o TSE não realizou novos testes – então não há como saber se os erros foram consertados ou se novos foram introduzidos.

Com o “Você Fiscal”, as próprias pessoas poderão garantir as transparências de votos nas urnas – desde que o app seja massivamente utilizado. Assim que as votações acabam, os dados das urnas são enviados aos computadores do TSE (onde são somados para calcular o resultado final). Para garantir a veracidade desse resultado, as pessoas devem tirar fotos dos boletins de urnas, que são impressos após as votações em todas as urnas.

Nesses documentos, constam o número de pessoas que votaram e quantos votos cada candidato recebeu. Com as fotos envidas, o app poderá calcular para ver se o resultado foi adulterado durante o trajeto. O aplicativo deve ficar disponível nas próximas semanas. Veja abaixo um vídeo de apresentação do aplicativo:

Cupons de desconto TecMundo: