(Fonte da imagem: Thinkstock)

Cansado de receber mensagens no celular avisando de promoções absurdas (que, na verdade, são golpes descarados), ofertas nada atrativas de ringtones e outras propagandas? Isso pode acabar ou diminuir consideravelmente em breve, se depender de um acordo assinado recentemente entre o ministro das Comunicações do Brasil, Paulo Bernardo, e a GSMA, uma associação de operadoras de dispositivos móveis.

Segundo a diretora da GSMA, Anne Bouverot, os objetivos do acordo incluem "promover a segurança das crianças, diminuir o spam e a redução do roubo de aparelhos".

A primeira parte da parceria já está no ar. Quem receber uma propaganda indesejada pode encaminhar a mensagem para o número "*7726" (sem as aspas), que é a tradução numérica de spam. O serviço das operadoras já está em funcionamento para analisar os SMS e, se constatada a presença de conteúdo irregular, bloquear o remetente.

O roubo de celulares também será acompanhado mais de perto: uma "lista negra" de dispositivos bloqueados será feita e integrada à base de outros países pela GSMA. Essa ação deve entrar no ar em até seis meses.

Por fim, um canal de denúncias contra o uso de redes móveis na exploração de crianças também será lançado, na forma da campanha "Disque 100".

Cupons de desconto TecMundo: