(Fonte da imagem: Divulgação/Governo Federal)

A Intel anunciou na última quarta-feira, 27, um investimento de R$ 300 milhões em P&D (pesquisa e desenvolvimento) para o Brasil. A quantia deve ser despendida durante um período de cinco anos, revelando a atenção da fabricante de semicondutores ao modelo de certificação de programas de computador desenvolvidos em território tupiniquim — ação que integra o Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação do Governo Federal (TI Maior).

Trata-se de uma quantia sem precedentes por estas bandas, inclusive. “Estamos aumentando substancialmente nossos investimentos em software. Esse aporte em P&D é recorde nos 25 anos em que a Intel atua no Brasil”, disse o presidente da companhia no Brasil, Fernando Martins, durante cerimônia realizada no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

“O acordo consagra o Brasil como um polo de tecnologia”, acrescentou o presidente da Intel para a América Latina, Steve Long. De acordo com a Intel, os investimentos devem visar os setores de energia (petróleo e gás), transportes e educação — dando sequência ao netbook do projeto Um Computador por Aluno.

Células de excelência

O acordo entre Intel e o Governo Federal também deve beneficiar as universidades brasileiras. A companhia afirmou que vai trabalhar para a renovação de currículos dos cursos de Ciência da Computação e Desenvolvimento de Software.

Além disso, a Intel pretende estabelecer o que chamou de “células de excelência”, promovendo ligações com universidades e empresas — sempre tendo como foco os setores mencionados anteriormente. Por sua vez, o Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação deve abrir editais para oferecer bolsas a alunos de pós-graduação e doutores, os quais passarão temporadas dentro da Intel, em desenvolvimento conjunto de soluções tecnológicas.

 "Este acordo marca o início de uma nova fase para a Intel Brasil, em que assumimos um papel direto no fomento à inovação para o crescimento sustentável do país”, disse Martins. “Nos próximos cinco anos, esperamos contribuir muito através da capacitação de profissionais e realização de pesquisa e desenvolvimento em conjunto com universidades brasileiras e empresas nacionais”, conclui.

Cupons de desconto TecMundo: