A BMW 550i é, assim como qualquer outro carro da marca, um objeto de desejo para muita gente por conta de um combinado de aspectos que todos conhecemos: qualidade, design, motor etc. Como você deve saber também, tem gente que deseja tanto que acaba "adquirindo" uma sem ter como pagar, como foi o caso desse ladrão em Seattle que não teve um final feliz (não para ele, pelo menos).

Um bandido aproveitou um deslize do dono do automóvel, que deixou o chaveiro dentro do veículo, abriu a porta e furtou a 550i. Após passar um tempão com o carro, o meliante decidiu tirar um cochilo e ficar despreocupado com a vida, enquanto aproveitava o conforto dos bancos. O que ele não esperava é que a tecnologia pregaria uma peça nele.

550i

Assim que o dono se deu conta do roubo, ele acionou a BMW (empresa) e a polícia de Seattle. A equipe da montadora conseguiu rastrear o automóvel, trancar as portas remotamente e impedir a ignição do motor, prendendo o bandido no interior (que não se deu conta do que aconteceu, pois estava dormindo). A soneca do rapaz foi interrompida no domingo (27 de novembro) de manhã com a polícia batendo no vidro do carro.

O bandido ficou com o carro durante um tempo, mas decidiu dormir dentro do veículo e mal sabia ele que acordaria com a polícia do lado de fora

A parte engraçada é que os funcionários da BMW brincaram um pouco antes de a perseguição acabar, ao mandar uma mensagem de voz pelo sistema de som do veículo dizendo: “Eu não estou preso aqui com você, você é quem está preso aqui comigo”, frase clássica do personagem Rorschach, de “Watchmen”.

O ladrão tentou fugir da polícia, mas o motor não ligava e as portas não abriam. No final, o homem foi preso por roubo de carro e posse de drogas (o rapaz tinha uma pequena dose de metanfetamina com ele). A BMW respondeu que trancar as portas do veículo não é procedimento padrão, mas eles têm o poder de fazer isso caso o proprietário requisite.

Cupons de desconto TecMundo: