A BlackBerry vem colecionando prejuízos a cada novo levantamento fiscal, mas não parece disposta a mudar sua filosofia para tentar “sair do buraco”. A empresa recentemente apresentou o seu BlackBerry Passport, um smartphone com tela quadrada. A empresa diz que ele é pensado para oferecer maior produtividade. O problema é que o preço parece um tanto alto: US$ 600 sem contrato com operadoras.

Essa informação foi dada ao The Wall Street Journal pelo próprio CEO da companhia canadense, John Chen. Ele explicou ainda que o preço apropriado para o aparelho seria US$ 700, mas a companhia resolveu baixar para torná-lo mais justo e competitivo. Apesar disso, a notícia sobre esse preço tem desanimado quem estava interessado no aparelho.

É sabido que o sistema operacional móvel da empresa tem suas limitações no campo do entretenimento, o que tira boa parte do apelo de um smartphone, mesmo que seja pensado para o mercado empresarial. Assim, valores mais baixos seriam interessantes.

Apesar de realmente ter um formato de tela mais adequado para produtividade, o Passport parece ter um corpo bem largo. Isso trará dificuldades na hora de segurar o aparelho, tornando sua utilização bem difícil com apenas uma mão, se não impossível.

O lançamento está marcado para a próxima quarta-feira (24) e a BlackBerry prometeu dar mais detalhes sobre o dispositivo nessa oportunidade. Enquanto isso, você pode conferir os detalhes que já foram liberados sobre ele aqui.

Cupons de desconto TecMundo: