BlackBerry apresenta as vantagens do Passport, seu celular de tela quadrada

1 min de leitura
Imagem de: BlackBerry apresenta as vantagens do Passport, seu celular de tela quadrada
Imagem: Inside BlackBerry
Avatar do autor

A maioria dos smartphones produzidos em 2014 seguirão uma certa cartilha de design: tela retangular, alguns botões em volta das bordas e apenas a espessura necessária para comportar os elementos internos e a bateria. Alguém pode argumentar que esse é o design idealizado para celulares, concebido após anos de pesquisa, desenvolvimento e sucesso de vendas. A BlackBerry argumentaria que celulares são assim porque a inovação está morta.

Essa é a frase que a empresa usa em sua última publicação em seu blog para promover o BackBerry Passport de tela quadrada. O post diz que todos nós estamos “empacados em um mundo retangular” e que enquanto o smartphone retangular for considerado “um grandioso e ergonômico design”, o formato “talvez esteja limitando inovações”.

O Passport com tela de 4,5 polegadas e 1440x1440 é “como o IMAX da produtividade” e pode exibir mais informações de uma planilha, páginas da web ou e-books sem muito scroll ou a necessidade de alternar entre os modos retrato e paisagem. Assim como o BlackBerry Q10, ele usado um teclado físico, complementado por algumas teclas na tela.

Entretanto...

Apesar de o Passport ser recomendado para um melhor uso de planilhas e escrita de textos, a tela quadrada seria bem menos útil para filmes widescreen (16:9) e seu largo design seria bem inviável para o uso com uma única mão.

Espera-se que o Passport apareça ao final de 2014 e que seja lançado junto ao sistema operacional BlackBerry 10.3. Embora a BlackBerry ainda esteja perdendo dinheiro e sua presença no mercado moderno de smartphones seja negligenciada, sua última demonstração financeira indica que as perdas estejam se estabilizando.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
BlackBerry apresenta as vantagens do Passport, seu celular de tela quadrada