(Fonte da imagem: Divulgação/BlackBerry)

Depois de revelar que perdeu praticamente US$ 1 bilhão nos últimos meses, a BlackBerry emitiu um documento em que a empresa comenta os dados do relatório e a situação da companhia em si. Normalmente, isso é feito em uma conferência com analistas e acionistas, mas problemas internos fizeram com que o texto por escrito fosse enviado no lugar.

Para começar, a empresa aumentou a previsão de perdas para o ano fiscal de 2014: de US$ 100 milhões, a BlackBerry agora deve perder US$ 400 milhões.

Segundo a companhia, a competição intensa impactou os resultados operacionais e financeiros da marca, tanto nos EUA quanto no mercado internacional. Essa queda seria resultado da popularização dos aparelhos baratos com Android e, em uma escala menor, da falta de aplicativos próprios para o BlackBerry 10.

Qual a salvação?

No documento, foi revelado que, durante o quadrimestre, as vendas de telefones da marca caíram 55%, e essa nem é a pior notícia: a maioria foi com o sistema operacional BlackBerry 7, que logo será descontinuado. Como medida desesperada, o smartphone Z10 deve ser atualizado para virar um produto mais popular.

O relatório praticamente confirma que boa parte do quadro de funcionários será demitida, totalizando até 4,5 mil empregados. Outra solução seria alugar ou vender escritórios da companhia.

Cupons de desconto TecMundo: