Em um mundo dominado por Android, iOS e Windows Phone, é difícil imaginar que um dia a BlackBerry já foi sinônimo do que havia de mais moderno em termos de mobilidade. Porém, com o lançamento do BlackBerry 10 OS, a empresa parece disposta a tentar recuperar o tempo perdido.

Por conta o lançamento do modelo Z10, analisamos também os detalhes da nova versão do sistema operacional da BlackBerry, que deve estar daqui pra frente nos novos modelos de smartphone apresentados pela companhia. Confira quais foram as nossas impressões nesta análise completa.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Interface

Com visual completamente renovado, o BlackBerry 10 OS apresenta uma interface agradável e organizada. A tela inicial não exibe apenas a data e a hora, incluindo também alertas de notificações e um atalho para a câmera. Para isso, basta pressionar o ícone por três segundos, algo prático, mas que poderia ser mais rápido.

Internamente, os ícones ganharam um visual melhor trabalhado e são exibidos em pequenos retângulos, que incluem o respectivo nome. Para reordená-los, basta manter um deles pressionado e arrastar para onde você quiser. Da mesma forma, para excluir um ícone basta clicar no símbolo de lixeira.

Não há uma lista de acesso rápido aos seus programas favoritos, com ícones fixos, e a cada nova tela todos os apps são renovados. Da mesma forma, não há suporte para widgets e a ordenação dos elementos obrigatoriamente segue a ordem de 16 apps por página. Para criar pastas, basta sobrepor dois ícones.

Sistema de gestos

Não há um botão físico de “voltar” no BlackBerry 10 OS. Por conta disso, a empresa decidiu apostar em um novo método para sair dos aplicativos e voltar para a tela principal de apps. Dentro de um aplicativo, você deve deslizar os dedos de baixo para cima para que o app seja minimizado.

Em seguida, deslize para o lado direito, para ter acesso à lista de apps, ou para o lado esquerdo, para acessar rapidamente o BlackBerry Hub. Essa técnica pode se tornar confusa em alguns momentos, em especial em jogos, quando o gesto de deslizar de baixo para cima pode se confundir com um comando de jogo.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

BlackBerry Hub

O BlackBerry Hub  funciona como o coração do sistema operacional. É por meio dele que você tem acesso a todas as suas mensagens, emails e notificações das redes sociais. De forma ordenada, o sistema permite um fácil gerenciamento de conteúdo, requerendo poucos passos para configuração.

O acesso é feito apenas deslizando-se o dedo para a direita. Porém, nem tudo é perfeito. No caso dos emails, por exemplo, para excluir uma mensagem é preciso entrar em cada uma delas, já que não há opção para exclusão em massa. Isso pode tornar bastante trabalhosa a tarefa de quem recebe muitas mensagens.

É possível compor mensagens para qualquer um dos aplicativos compatíveis a partir do BlackBerry Hub, o que torna o processo simplificado. Visualmente, é agradável conferir também tudo o que se passa nas suas contas olhando para uma única tela.

Teclado

Um dos símbolos do BlackBerry sempre foi o teclado físico dos aparelhos. Para o BlackBerry OS 10, a empresa tentou manter a mesma experiência de uso de um dispositivo físico, mas de forma virtual. O resultado inegavelmente é bastante satisfatório.

As teclas são espaçadas e o sistema, de forma inteligente, aprende com a sua digitação. Em muitos momentos, palavras são sugeridas para completar de forma automática a sua digitação. Essas sugestões são exibidas em meio ao teclado, logo acima da letra seguinte da palavra que possivelmente será digitada.

Certamente, a estrutura de teclado oferecida pela BlackBerry está entre as melhores se comparada aos demais sistema operacionais, tornando esse um diferencial interessante do produto.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Comandos de voz

Nada além do básico é oferecido no BlackBerry OS quando o assunto é comando por voz. Para se ter acesso a ele é preciso pressionar a tecla “microfone” no teclado. Uma nova tela será aberta, habilitando os comandos por voz. Apenas funções simples são suportadas, como fazer ligações para um contato da agenda, anotar lembretes ou enviar SMS.

Outra possibilidade é a de fazer pesquisas na internet. Para isso, o sistema operacional é integrado ao mecanismo de busca do Bing, exibindo resultados similares aos que podem ser encontrados em um SO como o Windows Phone, por exemplo, que utiliza a mesma estrutura.

Câmera

A câmera ganhou um botão virtual dedicado, localizado no canto inferior da página de apps. Os recursos apresentados por ela não vão além do básico. É possível escolher o aspecto de foto, o modo de iluminação, o uso ou não de flash e o tipo de foco.

Para bater uma foto, basta clicar em qualquer ponto da tela. Da mesma forma, alternar entre câmera frontal e traseira é uma tarefa simples. Em se tratando de vídeo, há opções de estabilização de imagem e de gravação em 720p e 1080p.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Apps nativos

O pacote inicial de aplicativos oferecidos pelo BlackBerry OS não deixa a desejar. Há pelo menos trinta itens pré-instalados, que cobrem as principais necessidades do consumidor.

Alguns merecem um certo destaque, como é o caso do browser do SO, que de forma nativa suporta Flash. Infelizmente, não há como salvar conteúdos para ler depois ou acessar alguma página previamente vista quando você estiver offline.

Calculadora, bússola e relógio possuem visuais com uma linha única de design, muito bonita, por sinal. O sistema de mapas utilizado é o do Bing. Por fim, outro atrativo do sistema é o  BBM, o sistema de mensagens entre dispositivos BlackBerry, que inclui os recursos de chat com voz e vídeo.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

BlackBerry World

A loja de aplicativos da BlackBerry não é tão vasta quanto as versões de Android e iOS. Até mesmo o Windows Phone oferece recursos mais interessantes. Entretanto, há um bom número de aplicativos, mas o que pode decepcionar os consumidores é o fato de que muito do que lá existe é pago.

Faltam “killer apps”, os programas que realmente fazem a diferença no aparelho. Muitos aplicativos são adaptados de outras versões e destoam do visual do BlackBerry OS. Entretanto, localizar conteúdo na loja de apps não é uma tarefa difícil e, caso o que você procure esteja disponível, acessar o conteúdo será uma tarefa simples.

Vale a pena?

É inegável que a renovação pela qual o BlackBerry OS passou tornou o sistema atrativo e capaz de brigar de igual pra igual no mercado. O novo teclado virtual está entre os melhores disponíveis, e o visual bonito e elegante pode fazer com que o aparelho recupere prestígio junto a um público mais exigente.

Porém, será preciso aperfeiçoar muita coisa. Os comandos por voz praticamente inexistem, não há apps que façam, de fato, a diferença em prol do SO e o número de apps gratuitos é limitado. Há que se levar em consideração ainda a baixa qualidade de muitos apps adaptados de outras versões.

Para quem achava que o BlackBerry OS estava morto, podemos afirmar categoricamente que não está. Pelo contrário. Renovado, ele ressurge de forma promissora e, se a evolução for mantida, poderemos ter de volta à briga um concorrente de peso nos próximos dois anos.

Cupons de desconto TecMundo: