BlackBerry Z10 chega ao Brasil por R$ 2.449 no plano pré-pago (Fonte da imagem: Divulgação/BlackBerry)

A BlackBerry lançou hoje, em São Paulo, o BlackBerry Z10, novo smartphone da empresa que detém 42% do market share do mercado corporativo. Sendo o primeiro modelo da companhia operado completamente pela tela sensível ao toque, o BlackBerry Z10 chega ao mercado brasileiro custando R$ 2.449 no modo pré-pago e já está preparado para o 4G do país.

Quem já usa BlackBerry deve perceber um salto tecnológico muito grande em relação aos demais modelos da empresa, tanto no hardware quanto no software do aparelho. Equipado com um processador dual-core de 1,5 GHz e 2 GB de RAM, o Z10 possui armazenamento interno de 16 GB, mas que pode ser expansível por meio de cartões de memória até 32 GB.

Quem costuma carregar notebooks para fazer apresentações, pode agora recorrer ao próprio aparelho, que com uma porta de saída HDMI permite que o smartphone seja conectado a televisores e projetores.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

O que o BlackBerry Z10 traz de novidades?

São diversos recursos exclusivos presentes no BlackBerry Z10, que vão desde funções da câmera até ferramentas que tornam mais seguro o uso do aparelho em ambientes corporativos.

Time Shift: elimine as fotos com olhos fechados

O BlackBerry Z10 possui câmera traseira de 8 megapixels e frontal de 2 megapixels. Mas o que chama a atenção é o recurso Time Shift, que, de acordo com o integrante da equipe Enterprise da BlackBerry Brasil, Alexandre Lenza, faz com que o usuário “trabalhe no tempo e crie um momento que nunca existiu”.

Como funciona? Ao registrar uma espécie de filme curto de uma cena, o Time Shift permite que seja escolhido o melhor quadro do vídeo para usar como base para a foto e, posteriormente, que regiões específicas sejam alteradas da mesma forma.  Assim, ao tirar a foto de duas pessoas, por exemplo, é possível garantir que as duas sairão com os olhos abertos, mesmo que elas tenham piscado alternadamente.

BlackBerry Hub: agregador de mensageiros

Esse é um serviço que agrega em único local todos os softwares de mensagens do telefone, além das redes sociais. A vantagem é o fato de que esse sistema está sempre acessível a partir de um único gesto.

E, se você receber uma mensagem enquanto estiver lendo outra, pode deslizar o dedo pela tela para dar uma “espiada” no email ou SMS que chegou, sem a necessidade de abandonar a leitura para verificar a importância da nova notificação.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

BBM remodelado e integração ampliada

O serviço BlackBerry Messenger (BBM) também foi repaginado e agora permite enviar não apenas anexos e texto, mas também efetuar chamadas de voz via VoIP e chat com vídeo. Outra novidade é a possibilidade de compartilhar a tela do próprio telefone com a pessoa que estiver recebendo a chamada, útil para quem precisa editar um documento em conjunto, por exemplo.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Vale a pena lembrar que a tela compartilhada não bloqueia o uso do celular da pessoa que está recebendo a ligação, já que pode ser colocada em segundo plano com um simples gesto na tela. Outro ponto a ser levado em consideração é o fato de que o Z10 possui uma integração muito maior entre os diversos aplicativos do telefone, como a agenda de contatos e o calendário.

Vida pessoal e corporativa: juntas mas separadas

Está cansado de gerenciar um perfil de vida online para o trabalho e outro para a vida pessoal? O BlackBerry Balance promete acabar com essa confusão, permitindo que as configurações de um ambiente corporativo do celular sejam armazenadas separadamente e até mesmo bloqueadas. Assim fica mais fácil entregar o telefone na mão do filho e ter certeza de que ele não vai enviar convite de joguinhos para o seu chefe, por exemplo.

BlackBerry Z10 também chega na versão branca (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

A separação desses dois mundos está presente até mesmo no nível visual, já que papéis de parede distintos podem ser configurados para eles. Até mesmo a loja de aplicativos é diferente para o modo “trabalho” do aparelho.

Teclado virtual equivalente ao físico

Apesar de a BlackBerry ter substituído o teclado físico pelo virtual, houve uma preocupação grande em manter a mesma experiência de digitação que o usuário já tinha. Para isso, há recursos que agilizam a escrita de uma mensagem, por exemplo, como a tentativa do sistema de prever qual será a próxima palavra a ser digitada, com base no contexto de uso do smartphone.

Diferente dos demais sistemas, o teclado virtual do BlackBerry Z10 não exibe as palavras sugeridas em uma região à parte da tela, mas sim entre as próprias teclas, fazendo com que o usuário não precise desviar o olhar do teclado. As palavras são usadas no texto ao deslizar o dedo para cima sobre elas.