O PiniOn — Empresa de pesquisa com consumidores — divulgou um estudo visando entender a opinião dos consumidores sobre a Black Friday, com base nas edições anteriores do evento. A investigação apontou que 71% dos respondentes participaram das compras nos outros anos. Outros 47% dos entrevistados acharam que a Black Friday de 2016 trouxe promoções iguais às dos anos anteriores, sendo que 38% achou esta edição melhor, 14% acredita que foi pior.

Problemas enfrentados no evento

  • 36% dos usuários reclamaram da navegação ruim
  • 26% não acharam os preços convidativos
  • 14% se depararam com sites lotados
  • 29% relataram outros problemas (como frete alto indisponibilidade no estoque e formas de pagamento não atraentes)

Além disso, 74% das pessoas buscavam as ofertas de madrugada por inúmeras razões, dentre elas 34% preferiram a madrugada pela maior disponibilidade dos produtos, 26% visaram aos momentos em que há poucas pessoas navegando, 25% escolheram por causa dos valores mais em conta e 15% apontaram outros motivos.

O estudo também mostrou que 50% dos consumidores fizeram suas compras de Natal durante a Black Friday e que 67% dos participantes que entraram nos sites de madrugada também navegam em outros horários. Já a pretensão de gastos dos compradores varia: 21% ficaram entre R$ 101 a R$ 300, outros 21% desejavam gastar entre R$ 501 a R$ 1.000 e 10% ainda não sabiam. A média ficou em R$ 752,94. Outra informação é que 83% das pessoas pesquisaram os produtos antes do início do evento. O estudo foi feito com 650 pessoas, maiores de 18 anos, que desejavam participar da Black Friday através dos smartphones. E você, o que achou desta Black Friday?

Veja a lista dos dez produtos mais procurados

  • Celulares / Tablets - 37%
  • Eletrodomésticos - 28%
  • Informática - 24%
  • Moda e acessórios - 19%
  • Eletroportáteis - 18%
  • Livros - 17%
  • Esporte e lazer - 16%
  • Games - 16%

Cupons de desconto TecMundo: