Um hotel de Niterói (Rio de Janeiro) acaba de entrar nas principais rodas de conversa de apaixonados por viagens. Mas ao contrário do que desejam os donos e executivos do spa Grand Village, isso não está acontecendo por conta de alguma promoção imperdível e muito menos por causa de algum elogio feito pelos clientes. Na verdade, o foco das conversas está bem longe de ser positivo.

Isso acontece porque o hotel não aceitou muito bem as críticas que uma cliente fez sobre o estabelecimento no site TripAdvisor. Flávia Carvalho é uma engenheira de 32 anos e ela garante que os cinco dias de hospedagem no Grand Village não foram satisfatórios. Apesar de dizer que existe uma “boa relação custo-benefício”, ela afirma também que alguns funcionários são “mal humorados” e que a nutricionista é “bem ruim”.

Ela também reclamou da quantidade de comida oferecida: “Já fui a outros spas e não passei a fome que passei lá”, afirma. E assim como Flávia não gostou do atendimento encontrado no Grand Village, o hotel também não gostou do que ela disse publicamente. E foi por isso que a administração do local enviou uma carta para ela, pedindo para que os comentários públicos fossem excluídos.

Mas como assim?

Segundo a carta enviada pelo Spa Grand Village, os comentários da cliente no TripAdvisor são “negativos e infundados”, sendo que eles ainda estariam “prejudicando a imagem” da empresa em questão. No documento, a administração do hotel pede para que Flávia apague os comentários negativos em um prazo de cinco dias. Ainda é dito que, caso isso não aconteça, medidas judiciais serão tomadas.

O hotel afirma que pode processar a cliente por danos morais e por difamação, afirmando ainda que ela precisará provar em tribunal tudo o que foi falado no TripAdvisor. De outra forma, ela seria obrigada a ressarcir o hotel por todos os danos causados pelas críticas públicas negativas. O spa Grand Village ainda não emitiu comunicados oficiais sobre o ocorrido.

Cupons de desconto TecMundo: