Você já ouviu falar em Bitcoins? Apesar de ser uma moeda virtual, o processo de obtenção dessas moedas também é chamado de mineração. Mas e você já parou para pensar em como é uma “mina” de mineração de Bitcoins?

O site The Coinsman foi em busca de um lugar assim na China e encontrou algo surpreendente. O local é gigantesco e possui 2.500 de máquinas ligadas em rede, tudo distribuído em uma série de prateleiras relativamente simples.

Os corredores são repletos de cabos de dados e energia, além de enormes ventiladores que servem para refrigerar os equipamentos — que fazem o interior da instalação manter-se a uma temperatura média de 40°. A infraestrutura parece ser precária em alguns pontos da instalação que consome mais de US$ 60 mil (cerca de R$ 130 mil).

A situação de trabalho, assim como em muitos lugares da China, não é das melhores. A mina de Bitcoins é mantida por três pessoas que trabalham incansavelmente com poucos dias de folga no mês. Os funcionários revezam a função em três turnos. A função deles é inspecionar as máquinas e garantir que tudo se mantenha funcionando.

Para entender mais sobre as Bitcoins, confira o TecMundo Explica sobre o assunto.

Cupons de desconto TecMundo: