Valor em Bitcoin de apenas uma pessoa pode desestabilizar todo o sistema. (Fonte da imagem: Reprodução/Grutanerd)

Em uma audiência que determinou a prisão de Ross Ulbricht, o responsável pelo site Silk Road na Deep Web, ele foi acusado de ter escondido de alguma forma cerca de US$ 80 milhões em Bitcoin, a moeda virtual que era usada para realizar as transações em seu comércio de drogas e outros itens na internet.

Até o momento, depois de ter tirado o site do ar e apreendido o domínio, o FBI conseguiu também bloquear cerca de 26 mil Bitcoins ou US$ 3,6 milhões. Isso era referente à conta no serviço de moeda virtual registrada em nome do site. A polícia norte-americana ainda não conseguiu quebrar a criptografia da conta pessoal de Ross Ulbricht no Bitcoin, que deve contar com cerca de 600 mil unidades da moeda virtual ou os US$ 80 milhões.

O valor na conta de Ulbricht é tão expressivo que está estimado em 5% de todas as unidades de Bitcoin disponíveis no mundo. Por conta de toda essa concentração, é possível que todo o sistema Bitcoin seja comprometido, dependendo das ações policiais em relação à conta do acusado. As informações são da Forbes, obtidas de uma fonte anônima que esteve na audiência que determinou a prisão do criador do Silk Road.

Cupons de desconto TecMundo: