(Fonte da imagem: Reprodução/Princeton University)

Mais de dois anos atrás, havíamos comentado sobre a criação da réplica de uma orelha humana através de uma impressora 3D – esta, no entanto, era apenas uma versão simples feita em silicone.

Mas agora um grupo de pesquisadores liderado por Michael McAlpine foi além: eles conseguiram imprimir uma orelha usando células e cartilagem cultivadas artificialmente, segundo o anúncio feito pela Universidade de Princeton. O resultado é a curiosa imagem acima, que mostra um órgão que possui até mesmo uma cóclea.

Orelha biônica

O mais interessante do projeto, todavia, fica para sua capacidade de audição. Até o momento, a orelha artificial é capaz de captar ondas de rádio e, com o uso de diferentes sensores, pode conseguir fazer o mesmo para sons acústicos – tornando-se, teoricamente, algo muito superior às nossas orelhas comuns.

Antes que você comece a imaginar as vantagens de ter uma orelha biônica, vale avisar que o projeto do time de Michael McAlpine ainda é um mero protótipo. De acordo com ele, o órgão poderia, em teoria, ser ligado às terminações nervosas de um ser humano, mas antes disso precisam ser feitos diversos testes.

Cupons de desconto TecMundo: