(Fonte da imagem: Reprodução/Kjetil Ree)

Malcolm Gladwell, jornalista britânico da revista The New Yorker, deu uma entrevista na Toronto Public Library explicando porque a história irá lembrar de Bill Gates e esquecer Steve Jobs.

De acordo com a publicação do site Business Insider, ao discutir o capitalismo e o espírito empresarial, Gladwell argumentou que a amoralidade (falta de princípios morais na tomada de decisões) é um pré-requisito fundamental para ser um líder de negócio bem sucedido.

Nesse sentido, os dois cofundadores de duas das maiores rivais do mundo da tecnologia tiveram perfis de administração bem parecidos, ou seja, fizeram todo o possível para que as suas empresas tivessem o máximo de lucros.

Contudo, para o jornalista, Gates adotou uma postura mais adequada após abandonar seu cargo na Microsoft, se tornando um filantropo para ajudar outras pessoas com os rios de dinheiro que ganhou durante sua vida profissional – algo que Jobs não fez, ou não teve tempo para se engajar.

É por isso que Gladwell acredita na recordação com maior apreço de Bill Gates daqui a 50 anos – época que possivelmente muitas pessoas se perguntarão quem foi Steve Jobs. E para você, qual dos dois personagens será lembrado?

Fonte: Business Insider

 

Cupons de desconto TecMundo: