Cofundador e ex-CEO da Microsoft, Bill Gates revelou em entrevista ao The Mirror um lado mais reservado de sua vida: o de pai. Na conversa, ele explicou que, apesar de ser uma das maiores personalidades do mundo da tecnologia e homem mais rico do mundo por ter comandado uma gigante da área, seus filhos não passar 24 horas por dia grudados em eletrônicos.

"Não temos telefones na mesa quando estamos em uma refeição e não demos celulares para as crianças até que elas tivessem 14 anos. Elas reclamavam que outros meninos ganham mais cedo", conta Gates.

Além disso, ele e a esposa, Melinda, colocam um horário limite para que os filhos mais novos usem o aparelho antes de dormir. O motivo? Melhorar a qualidade do sono e "ir para a cama em um horário razoável", conta. Ele é pai de Jennifer (20 anos), Rory (17 anos) e Phoebe (14 anos).

A família Gates há alguns anos.

Vale lembrar que há recomendações de que crianças não tenham tablets ou smartphones próprios antes dos 12 anos — o TecMundo já fez um artigo sobre isso. Porém, é claro que isso depende bastante de outros fatores, como tempo diário de tempo de uso. E você, o que acha sobre o assunto? Deixe a sua opinião nos comentários!

...

E se o Tecmundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no Tecspot e saiba tudo em primeira mão!

Cupons de desconto TecMundo: