A Beats é mais conhecida por fones de ouvido, mas a fabricante poderia ter lançado um produto diferente em 2015: um novo alto-falante em forma de cápsula sem fios que se conectaria a serviços de streaming como o Spotify. Porém, você não vai encontrar essa caixa de som nas prateleiras — e a culpa é toda da Apple.

Segundo o site Variety, a Apple cancelou o projeto quando adquiriu a Beats, em 2014, e transferiu todos os funcionários para outros setores (ou para o olho da rua). O problema é que a fabricante resolveu produzir tudo sozinha, o que se revelou desastroso: problemas na manufatura de componentes e prazos não cumpridos só deram dor de cabeça e prejuízos à companhia. Quando a Maçã viu o tamanho da encrenca, resolveu cortar tudo pela raiz e arquivou a ideia.

Esse alto-falante usaria conexões como WiFi, Bluetooth e NFC e tocaria músicas automaticamente quando detectasse o dispositivo reproduzindo a mídia. A competição seria direta com a Sonos, que possui produtos parecidos, e o preço do produto top de linha chegaria aos US$ 750 (cerca de R$ 2,3 mil). Os modelos atuais da Beats utilizam somente o Bluetooth e tocam áudio a partir de uma configuração prévia com o aparelho pareado.

Mesmo com o Apple Music em evidência, a história não deve  mudar. O serviço de streaming, que chega ao Brasil neste mês, não deve ser acompanhado do lançamento de um novo alto-falante da Beats. Ainda assim, há uma curiosidade nessa história: ao menos por enquanto, ele não será compatível com os produtos da rival Sonos.

Cupons de desconto TecMundo: