A Bose, fabricante de equipamentos de áudio de alto desempenho, acaba de processar a Beats afirmando que a empresa recém-adquirida pela Apple copiou quatro elementos de uma de suas patentes para cancelamento de barulho. A Bose cita especificamente os fones de ouvido da linha Studio, lançados pela Beats há algum tempo.

Caso a parte ativa do processo, no caso a Bose, vença a disputa judicial, a Beats terá que pagar uma pequena fortuna para empresa que foi lesada, uma vez que cada fone em que usa ilegalmente a tecnologia da Bose custa US$ 300 nos EUA.

Tem cara de briga grande

Até o momento, nem Beats nem Apple comentaram sobre o processo, mas a Bose fez um pronunciamento dizendo que não trataria de assuntos específicos do litígio que está em andamento.

“O que nós podemos dizer é que, por mais de 30 anos, a Bose fez investimentos significativos em pesquisa, desenvolvimento, engenharia e design para a tecnologia proprietária encontrada em nossos headphones. Nós estamos comprometidos em proteger nosso investimento e nossos clientes, além de defender nossas patentes”, explicava o texto oficial da empresa.

Não se sabe exatamente há quanto tempo a Bose tem conhecimento da possível quebra de patente por conta da Beats, mas há especulações de que, com a companhia no guarda-chuva da “endinheirada” Apple, há chances de a Bose receber uma indenização mais substancial, caso vença a disputa.

Cupons de desconto TecMundo: