A operadora de telefonia GVT lançou hoje, durante a Futurecom 2011, em São Paulo, um novo plano de acesso à internet de banda larga com alta velocidade e preço baixo. De acordo com o presidente da empresa, Amos Genish, o pacote oferecerá velocidade de 35 Mbps por R$ 99 – valor com uma boa redução em relação ao praticado anteriormente, que era de R$ 199.

Segundo o executivo, em 2012, a empresa disponibilizará pacotes de 50 Mbps pelo mesmo preço. "Hoje, 56% das novas vendas da GVT em banda larga são de 15 mega ou mais. Isso significa que, quando se apresenta ao usuário um preço acessível, ele, que tem necessidade, vai comprar", comentou Genish.

Aproveitando o evento, o presidente da operadora disse que ainda é preciso mais investimento em infraestrutura de rede (os backbones) por parte da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). “De verdade, ninguém vai acreditar que 1 MB a 35 reais com garantia mínima de download de só 10% seja o suficiente. Tudo bem para começar, mas não é ideal para o futuro”, complementou ele, conforme veiculado pela Agência Estado.

Ainda nesse evento, Genish anunciou que a GVT começará a comercializar sua TV por assinatura a partir de outubro. Com tecnologia híbrida, suportando IP e DTH (via satélite), o serviço será oferecido juntamente com telefonia e banda larga – assim como é feito por outras operadoras.

De acordo com o executivo, inicialmente, a TV paga será disponibilizada por IP (acesso pela internet) para conectividade e DTH para reprodução da programação. “Apostamos em um novo jeito de assistir a TV, o brasileiro também quer acessar a programação pelo computador. Oferecemos o conceito de ‘anytime, anywhere’”, disse o presidente da empresa.

Amos Genish ainda destacou que o desenvolvimento dos pacotes de banda larga é essencial para o futuro serviço. No entendimento dele, a tendência é que o conteúdo online tenha um crescimento acelerado. Até o ano de 2015, a previsão é que mais de 15 bilhões de dispositivos estejam conectados de alguma forma.

Cupons de desconto TecMundo: