Fonte da imagem: Ministério das Comunicações do Brasil

Apesar de o Plano Nacional da Banda Larga apontar para conexões de 1 megabit por segundo, o governo brasileiro quer possibilitar conexões de 50 a 100 vezes mais velocidade para os eventos esportivos de escala mundial que acontecem nos próximos anos. Para isso, testes com novos padrões de conectividade devem ser feitos durante a Rio+20, a ser realizada no ano que vem.

O objetivo do governo é possibilitar conexões de 50 ou 100 megabits por segundo para a Copa das Confederações (2013), Copa do Mundo (2014) e Olimpíadas (2016). Segundo Paulo Bernardo, Ministro das Comunicações, devem ser abertas novas faixas de frequência para que as operadoras de telefonia experimentem redes 4G. Conexões de fibra ótica também estão nos planos.

Somente com essas conexões mais avançadas será possível suprir as demandas geradas nos eventos. Além da grande quantidade de torcedores, também existe a exigência dos jornalistas e outros profissionais envolvidos na organização e divulgação.

Cupons de desconto TecMundo: