Nesta semana, a Anatel publicou um relatório infomando que a quantidade de residências brasileiras com acesso à internet banda larga fixa já representava 38,6% da totalidade dos domicílios. Outra informação bem interessante do relatório está na participação de cada tipo de tecnologia neste mercado crescente no país.

Hoje, o tipo de conexão que lidera o mercado é o "xDSL", que representa 50,53% dos domicílios conectados. Em seguida surge "Cable Modem"  com 32,17% e "Spread Spectrum" aparece com 6,67%. Fibra óptica é apenas o quarto colocado, tendo 6,07% da participação. Isso significa que são 1.609.364 de residências com a tecnologia.

É importante notar que os pontos de fibra óptica cresceram em apenas 30 mil na comparação entre agosto e setembro. Se comparamos setembro do ano passado, o valor fica perto dos 200 mil pontos a mais. Um crescimento relativamente lento, mas que possui vários agentes conhecidos dificultando o avanço — como preços elevados e indisponibilidade de infraestrutura em muitos locais.

Será que vai demorar muito para que a internet de fibra óptica chegue aos 10% do total de residências com banda larga no Brasil?

Cupons de desconto TecMundo: