Parece que os cartões estão com os dias contados nos Estados Unidos – ao menos para sacar dinheiro, pois algumas empresas e bancos já estão estudando novas possibilidades para a ação utilizando smartphones e até mesmo NFC. 

Uma dessas empresas é a JPMorgan, que é dona dos terminais de autoatendimento da Chase. Segundo informações divulgadas, a meta é que até o final do ano estejam disponíveis máquinas que permitam acesso utilizando códigos que serão gerados em um aplicativo para smartphones. Numa segunda etapa, a ideia é que elas passem a adotar o NFC para essa transação, ampliando as opções ao dar acesso a serviços como o Apple Pay e o Samsung Pay

Ainda no que diz respeito aos terminais da JPMorgan, foi divulgada a informação de que esses terminais terão um novo limite de saque (até US$ 3 mil) durante o horário de funcionamento bancário, bem como pagamento de contas e trocas de cheques. Porém, tais opções só devem entrar em vigor em algum momento de 2018. 

Além da JPMorgan, o Bank of America e o Wells Fargo também estudam algo parecido, já que pensam em recorrer ao Apple Pay para a algumas ações. No caso da primeira instituição, a ideia é que uma atualização seja liberada em fevereiro no Vale do Silício, em São Francisco, Charlotte, Nova York e Boston. Outros lugares também serão incluídos na relação no segundo semestre.

Exclusividade gringa? Não 

Se a essa altura do campeonato você está pensando que a opção de realizar saques utilizando o smartphone é algo exclusivo da terra do Tio Sam, está enganado. No Brasil, por exemplo, os terminais do Banco do Brasil permitem que os correntistas recorram ao Saque Sem, uma modalidade que permite sacar até R$ 300 por dia sem o cartão – neste caso, o usuário precisa informar um código que é enviado via SMS.

O que você acha da ideia de sacar dinheiro utilizando apenas o seu smartphone, sem o cartão? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: