A Air France realizou nesse domingo (10) o último voo de seu Boeing 747. A viagem foi feita entre Cidade do México e Paris. O “Jumbo” ou “Rainha dos Céus”, apelidos pelos quais a aeronave é conhecida, se despediu banhado por dois enormes jatos d’água.O B747 detinha o título de maior avião comercial desde a década de 1970. Agora, o Airbus A380 é que é considerado o maior colosso dos céus.

Antes de ser anexado ao catálogo do Museu do Ar e do Espaço, em Le Bourget, Paris, o lendário Boeing 747 vai alçar voo por mais duas vezes – os passageiros vão poder desfrutar de um almoço especial e apreciar também as últimas rotações das turbinas gigantes em ambas as viagens comemorativas. Nos dias 16 e 17 deste mês, a Air France vai conduzir visitas ao museu; cada sessão, acompanhada de um tour com direito a acesso ao cockpit, deverá durar cerca de uma hora.

A Air France tem renovado sua frota com aeronaves mais modernas (modelos como o Boeing 777 e também o próprio Airbus A380 têm ocupado os aeroportos que contam com as aeronaves da companhia francesa). A aposentadoria dos “Jumbos” começou em 2014, quando empresas de aviação mundo afora anunciaram a substituição das máquinas – no Japão, por exemplo, o último B747 alçou voo há dois anos.

Fãs da história dos aviões podem acessar uma série de vídeos sobre o B747 no canal da Air France, no YouTube (acesse o link com a lista de reprodução nesta página).

...

O uso de celulares durante o voo deveria ser permitido? Comente no Fórum do TecMundo