Para ao menos ter a chance de voar em um caça militar como o russo MiG-29, você precisa ser um militar da Força Aérea de países que compartilham dessa tecnologia. A não ser que você seja extremamente rico e tenha tanta vontade de viver essa aventura a ponto de comprar uma passagem para a Rússia e alugar um passeio na aeronave.

É isso o que promete a MigFlug, uma empresa internacional que tem como objetivo "fazer seus sonhos se realizarem e pilotar um caça". A companhia é uma espécie de intermediária entre departamentos militares e o público, tendo um acordo para realizar treinamentos ou voos de demonstração em naves de dois assentos — um para o piloto e outro para você.

São vários os modelos disponíveis, mas o MiG29 Edge of Space é o mais badalado. Afinal, ele chega à altitude de 70 mil pés (cerca de 21 km) e ultrapassa a barreira do som, além de uma alta taxa de velocidade de subida. Nessa altitude, é possível ver a curvatura da Terra e experimentar até 9 G (ou seja, nove vezes a aceleração da gravidade na Terra).

Voar, voar, subir, subir

Você precisa agendar o passeio com bastante antecedência: até 45 dias podem ser necessários para que você receba permissão para acessar o caça e a pista de decolagem.

Em determinado momento da viagem, você até ganha o controle do MiG-29 por alguns instantes. O tempo total do passeio é de 50 minutos, e o preço dessa brincadeira fica em torno de US$ 18 mil (cerca de R$ 70 mil).

Você faria um passeio de caça MiG-29 por R$ 70 mil na Rússia? Comente no Fórum do TecMundo