Hackers obtém acesso a emails do Obama em um dos ataques mais sofisticados

1 min de leitura
Imagem de: Hackers obtém acesso a emails do Obama em um dos ataques mais sofisticados
Avatar do autor

No ano passado, alguns emails do presidente dos Estados Unidos Barack Obama ficaram expostos para hackers russos durante uma brecha no sistema de segurança da Casa Branca. Segundo o jornal New York Times, embora eles tenham conseguido encontrar dados nas redes não classificadas, as redes classificadas não foram comprometidas. Os servidores que controlam o tráfego de informações do BlackBerry do Obama também permaneceram seguros.

Segundo oficiais familizariados com a investigação citados pela Times, a invasão afetou largamente as pessoas dentro da Casa Branca com emails, arquivos e comunicações não classificadas. O email pessoal do Obama não foi afetado, mas muitas conversas dele foram obtidas através dos emails de pessoas com quem ele se comunicava com frequência.

Um dos ataques mais sofisticados

A Times ainda afirma que a Casa Branca enfrenta ciberataques todos os dias, mas que essa situação foi um ataque avançado altamente direcionado. “Esse foi um dos atos mais sofisticados que nós vimos”, disse um oficial à publicação.

No começo da semana passada, o Pentagono revelou que a Rússia tinha hackeado sua própria rede neste ano, mas a Casa Branca não deu detalhes sobre qualquer similiaridade entre os dois eventos.

Redes seguras e classificadas

Muitos funcionários de alto escalão da Casa Branca contam com dois computadores: um operando em uma rede segura e classificada, e outro em uma rede não classificada. Entretanto, é possível que informações sensíveis, incluindo questões de política e programação entraram na rede não classificada.

Alguns oficiais sabem dessas brechas há meses, mas revelaram a publico somente agora. Não há detalhes sobre quantos emails foram obtidos pelos hackers, ou se eles contém informações sensíveis.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Hackers obtém acesso a emails do Obama em um dos ataques mais sofisticados