O grupo de hackers conhecido como “Lizard Squad” apareceu hoje no Twitter para reinvindicar a autoria pelos supostos ataques conduzidos a diversos servidores online durante o último final de semana. Entre os alvos, estariam vários jogos da Activision — incluindo Destiny e Call of Duty — e também da Electronic Arts.

De fato, tanto os servidores de Destiny quanto de Call of Duty parecem ter sido alvo do ataque conhecido como DDoS (distributed denial of service), que consiste em derrubar as estações online por meio de uma sobrecarga de conexões simultâneas. A reivindicação dos ataques à EA veio pouco depois. Não obstante, as conexões estão atualmente todas estabilizadas.

O ataque havia sido anunciado no sábado, 27, quando o grupo prometeu tirar do sério diversos jogadores online. “Estamos prevendo muitos jogadores doidos de raiva neste final de semana”, disparou o grupo via Twitter, embora sem especificar qual seria o próximo alvo.

De servidores a aviões

Conforme lembrou o site Kotaku, essa não foi a primeira vez que a Lizard Squad mirou nos jogos online mais populares da Activision. Vale lembrar que a PlayStation Network foi tirada do ar durante quase todo um dia do mês de agosto — e a reivindicação do grupo hacker, de fato, veio logo em seguida. Ademais, os sujeitos também afirmam ter conduzido ataques semelhantes à Xbox LIVE, a Hearthstone, a League of Legends e a Path of Exile.

De modus operandi um tanto multifacetado, a Lizard Squad também disparou um Tweet afirmando que havia uma bomba no avião da American Airlines que levava o presidente da Sony Online Entertainment, John Smedley de Dallas a San Diego (EUA) — forçando o avião a se desviar de sua rota, por questões de segurança.

Cupons de desconto TecMundo: