(Fonte da imagem: Reprodução/Reuters)

Você já deve ter visto em telejornais ou ter ouvido de alguém informações sobre golpes em caixas eletrônicos. Aparelhos são instalados nos terminais, visando clonar cartões de crédito e lesar os usuários. Um hacker que trabalhou com isso contou como usou sua prisão para dar a volta por cima e criar uma forma de combater esse tipo de golpe.

Valentin Boanta, um hacker da Romênia, foi preso após desenvolver um equipamento que, quando instalado em caixas eletrônicos, poderia clonar os cartões utilizados no terminal. Ele foi condenado à cinco anos por ter disponibilizado os aparelhos para uma quadrilha de criminosos.

Dentro da prisão, Boanta, de 33 anos, percebeu o mal que fez com a sua invenção, optando por partir para o outro lado da lei e criando um dispositivo para evitar que bandidos consigam clonar cartões em caixas eletrônicos. De acordo com o hacker, os terminais são muito vulneráveis e, por isso, ele criou o SRS (Secure Revolving System).

O sistema, segundo Boanta, pode ser instalado em qualquer caixa eletrônico, permitindo que o cartão seja inserido pelo lado mais largo e, depois, seja girado impedir que aparelhos externos tenham acesso à faixa magnética. O SRS devolve o cartão o girando em sentido inverso.

Valentin criou o SRS com o financiamento e a ajuda da empresa de tecnologia romena MB Telecom, sendo premiado no Salão Internacional de Invenções de Genebra. Boanta não revelou quanto o sistema vai custar, mas informou que ele estará disponível em breve.

Cupons de desconto TecMundo: