(Fonte da imagem: Reprodução/AnonymousOwn3r (Twitter))

Hoje (10), o Go Daddy (um dos maiores servidores de todo o mundo) ficou fora do ar. Com isso, milhões de sites de todo o mundo estão sem a possibilidade de serem carregados e navegados. O Go Daddy é um dos principais serviços para registro de domínios e hospedagem de sites da internet mundial, sendo utilizado por diversas prestadoras de serviços aqui no Brasil – por isso, muitos sites brasileiros também estão fora do ar.

Por Twitter, o usuário @AnonymousOwn3r afirma ter sido o único responsável por supostos ataques de negação de serviço que fizeram os servidores do Go Daddy cair. Ele entrou em contato com o site TechCrunch para reivindicar a autoria dos ataques, logo após o site norte-americano afirmar que eles teriam origem em computadores de hackers ligados à ideologia Anonymous.

Nós fizemos uma rápida análise dos tweets de @AnonymousOwn3r e vimos que outros membros do Anonymous estavam parabenizando o hacker pelo feito, o que nos leva a crer que ele realmente trabalhou sozinho. Também há algumas mensagens postadas pelo hacker em que ele afirma ser brasileiro (confira aqui). 

Outros hackers parabenizam o suposto autor dos ataques (Fonte da imagem: Reprodução/BlueAnon (Twitter))

Quando questionado acerca dos motivos que o levaram a derrubar milhões de sites em todo o mundo, @AnonymousOwn3r disse que queria expor a fragilidade dos sistemas de segurança do Go Daddy, que possui dados de um número gigantesco de pessoas. O Go Daddy, por sua vez, revelou apenas que está trabalhando para normalizar a situação o mais rápido possível.

[Atualizado]

No Twitter oficial do Go Daddy, algumas mensagens suspeitas começaram a ser postadas. Isso inclui a imagem abaixo, que diz o seguinte: "Sem equipe de design? Crie um site com U$ 5,99 usando o código PAINT599". Vale um aviso: enquanto a situação não for normalizada, não cliquem em nenhum link postado pelo perfil do servidor.

(Fonte da imagem: Reprodução/Go Daddy (Twitter))

[Atualizado 2]

O @AnonymousGrupo entrou em contato com o Tecmundo para dizer que o @AnonymousOwn3r não teve nada a ver com os ataques. Segundo o Grupo, o hacker mencionado nesta matéria teria apenas aproveitado o momento para se declarar autor de um grande ato de negação de serviço. Ainda não sabemos a real origem dos golpes.

(Fonte da imagem: Reprodução/AnonymousGrupo (Twitter))

Fonte: @AnonymousOwn3r (Twitter), Domain Name News e TechCrunch

Cupons de desconto TecMundo: