(Fonte da imagem: Reprodução/Softpedia)

Ontem de manhã, um grupo de hackers tirou do ar alguns sites do governo de Washington D.C., a capital dos Estados Unidos. Mas, de acordo com informações do site de notícias DCist, os hackers provavelmente acreditaram que estavam atacando o governo federal americano.

O autoria do "ataque distribuído de negação de serviço" (DDos) – quando um computador mestre pode ter sobre seu comando milhares de computadores zumbis – foi assumida pelo grupo UGNazi. Eles também admitiram ser os responsáveis por tirar do ar os sites NYC.gov e military.com.

O Softpedia conseguiu uma entrevista com um dos integrantes do grupo. Segundo o membro do UGNazi, o governo americano não se preocupa com aquilo que eles pensam. Por isso, eles resolveram atacar o "coração do país", que, segundo o grupo, é a capital dos Estados Unidos, Washigton DC.

Mas, como observou o Gizmodo, o governo de Washington não tem poder nem para aprovar o seu próprio orçamento anual, e muito menos representação no congresso americano. É como se um grupo de hackers tentasse atingir o governo brasileiro atacando os sites do governo do Distrito Federal. Ou seja, se eles miraram no coração do país, acertaram o pé.

Cupons de desconto TecMundo: