No terceiro dia de ataques aos sites de bancos, agora foi a vez do Banco do Brasil se tornar alvo dos hackers que dizem fazer parte do movimento Anonymous. Continuando com a campanha #OpWeeksPayment, o perfil do grupo no Twitter assumiu novamente a autoria das ações que retirou a página do BB do ar.

De acordo com um comunicado oficial da instituição, foi afirmado que realmente a página passa por problemas, mas que isso não interfere de maneira alguma na segurança dos dados dos clientes. A nota ainda afirma que: “O Banco do Brasil também rechaça qualquer especulação sobre ameaça à segurança dos servidores e sistemas operacionais".

Curiosamente, o Bradesco também não admitiu que foi vítima de ataques na manhã de ontem (31). De acordo com o diretor-vice-presidente da instituição, Aurélio Conrado Boni, nada houve além de uma sobrecarga do servidor causada por uma quantidade anormal de acessos. Basta explicar agora a coincidência de isso, inesperadamente, ter acontecido na mesma semana da #OpWeeksPayment.

Confira aqui a entrevista que fizemos com alguns membros do movimento Anonymous.

Cupons de desconto TecMundo: