(Fonte da imagem: Divulgação Lato Sensu)

Um colégio particular de classe média alta de Manaus aplicou uma punição disciplinar a 300 alunos graduandos do terceiro ano do Ensino Médio. O motivo: existem suspeitas que de um hacker tenha sido contratado para invadir o sistema da escola,adquirindo e revelando o conteúdo da prova bimestral.

O Centro Educional Lato Sensu, que obteve o primeiro lugar no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2010, foi notificado pela comissão de Direitos do Consumidor e Cidadania do estado do Amazonas depois que muitos pais de alunos indignados deram reclamação.

Os alunos foram punidos com a redução do período de férias de fim de ano em quase um mês, além de terem que refazer a extensa prova bimestral. Investigações apontam que o hacker executou a ação a pedido de 15 estudantes do terceiro ano.

Cupons de desconto TecMundo: