A Agência de Segurança Nacional dos EUA, conhecida globalmente como NSA, tem passado por inúmeras denúncias que tocam a privacidade de cidadãos em todo o mundo. A agência, que foi citada em várias delações de nomes como Edward Snowden, Chelse Manning e Julian Assange, supostamente utiliza diversas ferramentas para vigiar pessoas — ao lado da CIA. Entre essas ferramentas, estão desde apps escondidos em smartphones até softwares mais robustos que ficam monitorando computadores. Agora, um relato da empresa Binary Edge diz que mais de 10 mil computadores com sistema operacional Windows estão infectados com um backdoor da NSA.

O DoublePulsar é utilizado para fornecer acesso remoto ao sistema operacional 

Esse backdoor, segundo o ArsTechnica, é chamado de DoublePulsar e foi detectado em mais de 107 mil computadores. A empresa Binary Edge descobriu o dado por meio de uma varredura em computadores conectados a internet. Outra varredura, realizada pela Errata Security após a informação inicial da Binary Edge, indica que esse número fica entre 30 mil e mais de 40 mil máquinas.

O DoublePulsar, como qualquer outro backdoor, é utilizado para fornecer acesso remoto ao sistema operacional (ou rede). Dessa maneira, invasores podem explorar falhas críticas e permitir o roubo (ou vigilância) de dados e informações sensíveis.

Ainda não há um consenso sobre onde estão os computadores infectados com o DoublePulsar — e o número real de PCs atingidos —, contudo, o backdoor abre a possibilidade de que as máquinas infectadas sejam atacadas por outros malwares.

  • Em uma declaração oficial, a Microsoft disse o seguinte: "Nós duvidamos da precisão desses relatos e estamos conduzindo uma investigação própria"

Mapa de PCs infectados

Para ler o relato completo, com mais detalhes, clique aqui.

Cupons de desconto TecMundo: