De acordo com o Ars Technica, um servidor do site "donaldjtrump.com", que foi utilizado durante a campanha presidencial de Donald Trump nos EUA, foi hackeado durante a noite de domingo (19). Como resultado, o invasor realizou um deface no site, alterando a aparência do domínio.

"Hacked by 'Pro_Mast3r'. Attacker gov. Nothing is impossible. Peace from Iraq", dizia uma mensagem deixada aos visitantes por Pro_Mast3r. Como você pode ver, o hacker indica que "nada é impossível" e que o ataque foi provavelmente realizado do Iraque.

O servidor hackeado é gerenciado pela plataforma de segurança Cloudflare

O AT notou que o servidor hackeado é gerenciado pela plataforma de segurança Cloudflare e que também não tinha conexão com a página inicial do site. Além disso, usuários que tentaram acessar normalmente a página hackeada recebiam um aviso de que a página não era segura — tanto no Chrome quanto no Firefox.

A página ficou offline pouco tempo depois do deface. De acordo com a fonte, o hacker apenas incluiu um arquivo de animação — ou seja, não havia malware. O invasor também não indicou a participação de grupos hackers, como Anonymous, ou motivações extras.

Screenshot do deface

A equipe do presidente norte-americana já foi avisada sobre o deface e, quando houver mais dados, atualizaremos esta notícia.

Cupons de desconto TecMundo: