Para aumentar a conscientização sobre o risco que o uso de eletrônicos com conexões desprotegidas trazem, um hacker decidiu agir de maneira bastante inusitada. Usando seus conhecimentos, a pessoa identificada como “Stackoverflowin” afirma ter invadido 150 mil impressoras vulneráveis.

Segundo ele, a intenção era mostrar que é necessário investir em firewalls e outras medidas de segurança para evitar ações desse tipo. O processo foi realizado através de um script automático que afetou aparelhos de marcas como HP, Brother, Epson e Canon, entre outras. O hacker instruiu as máquinas a imprimir documentos com textos de alerta e desenhos feitos em ASCII.

Além de atingir impressoras caseiras e máquinas localizadas em escritórios, o hack também afetou máquinas de recibo. O hacker informou ao site Bleeping Computer que seu script atinge “alvos que têm portas IPP (Internet Printing Protocol), portas LPD (Line Printer Daemon) e que deixam a porta 9.100 aberta para conexões externas”.

“Obviamente não há uma botnet”, afirmou o responsável pela invasão. “As pessoas fizeram isso no passado mandando panfletos racistas... Não é o que eu faço, eu quero ajudar as pessoas a consertarem seus problemas, ao mesmo tempo em que me divirto um pouco durante o processo”.

Cupons de desconto TecMundo: