Durante o último fim de semana no seu OnBoard3, realizado a bordo do cruzeiro MSC Preziosa, a Asus anunciou a chegada de três novos smartphones da sua marca ao Brasil, e o responsável pelo marketing da empresa para a América do Sul, Marcel Campos, explicou um pouco como a empresa pretende posicionar seus dispositivos no mercado brasileiro.

Essencialmente, a Asus quer o mesmo mercado que a Motorola tem hoje: o dos jovens que gastam mais de R$ 1,5 mil em um smartphone com a frequência média de um ano. 

Campos comentou com jornalistas que a Asus ainda está atrás da Motorola em volume de vendas, e disse que a Alcatel é a sua concorrente mais próxima nesse quesito. Contudo, existem diferenças de posicionamento que tornam essa competição bem menos significativa do que aquela com a criadora dos Moto G e Z.

Para que você vai querer um Moto Z Play, com 3.510 mAh de bateria se você pode ter um ZenFone 3 Zoom com 5.000 mAh?

Com o lançamento do ZenFone 3 Zoom, que tenta cooptar os consumidores por suas capacidades em fotografia e também em autonomia de bateria, o concorrente natural desse aparelho no mercado nacional é o Moto Z Play, que inclusive está atualmente sendo vendido por um preço bem próximo ao que a Asus começou a praticar para o ZenFone 3 Zoom. Campos, naturalmente, defende que a o dispositivo da sua marca é a melhor escolha entre os dois.

“Para que você vai querer um Moto Z Play, com 3.510 mAh de bateria se você pode ter um ZenFone 3 Zoom com 5.000 mAh? Por que você vai querer um Moto Z Play, que tem um vidro normal atrás, que risca fácil e força você usar uma capinha que deixa o celular supergrosso, sendo que você pode ter metal atrás e Gorilla Glass 5 na frente? Por que você vai comprar um Moto Z Play com câmera frontal de 5 MP se você pode ter sensor Sony de 13 MP? E ainda a gente cobra menos…”, comparou Campos durante uma sessão de perguntas e respostas no final do evento.

Briga mensal

Ele ainda explicou como a LG e a Motorola competem pelo segundo lugar em volume de vendas no mercado nacional, sempre atrás da Samsung (que atualmente teria cerca de 52% do market share no Brasil), e disse que “quer roubar o mercado da Motorola”, por ser o mais parecido com o seu próprio.

O mercado que eu ‘quero roubar’ é o da Motorola

“A LG e a Motorola alternam muito de posição. Em determinado mês, uma está em segundo, e, no mês seguinte, a outra já assumiu esse lugar. Mas é curioso que a faixa de preço dos produtos da Motorola é diferente da LG. A LG está abaixo dos R$ 1,5 mil vendendo bastante, e a Motorola está acima dos R$ 1,5 mil vendendo bastante. A Alcatel é a concorrente mais próxima da gente em questão de volume de vendas, mas ela só consegue vender produto de entrada. Então a gente não vai atrás da Alcatel, porque os nossos produtos não estão na mesma faixa de preço dos dela. O mercado que eu ‘quero roubar’ é o da Motorola, porque o consumidor que gasta na faixa de preço que eu quero vender é o dela, são as pessoas que estão comprando Motorola”, analisou o executivo.

Bater de frente

Além do discurso de Campos ser bem direto e claro a esse respeito, as ações da Asus refletem basicamente a mesma coisa no mercado. A taiwanesa tem produtos muito com os da empresa chinesa/norte-americana similares em questão de funcionalidade e faixa de preço, o que realmente demonstra um posicionamento de marca de competidor direto.

O novo ZenFone 3 Zoom é o intermediário premium com boa autonomia de bateria que bate de frente com o Moto Z Play, assim como atual ZenFone 3 Deluxe mais básico tem como adversário o Moto Z tradicional. A maior diferença fica no campo dos intermediários básicos, onde a Motorola tem neste ano apenas os Moto G5, ao passo que a Asus tem várias opções, o que inclui o novo Zenfone Live, que chega em breve ao mercado nacional.

Claro que cada marca tem suas peculiaridades e traz funções e ferramentas bem diferentes, o que acaba as diferenciando no mercado. Resta saber se 2017 será o ano da Asus ou da Motorola. Mas se formos analisar apenas volume de vendas no país, o mais provável é que 2017 seja mais um dos anos da Samsung por aqui.

Cupons de desconto TecMundo: