(Fonte da imagem: Reprodução/Scream in Space)

Todo mundo já ouviu dizer que o som não se propaga no vácuo e que, portanto, filmes de ficção científica não deveriam trazer explosões ou gritos no espaço. Mesmo assim, uma equipe de cientistas da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, decidiu contestar esse conhecimento e testá-lo na prática.

De acordo com o site do projeto Scream in Space!, o experimento será feito com a ajuda de um smartphone equipado com Android e que faz parte de um nanosatélite que será enviado para o espaço em breve. Nele, estarão amostras de 10 gritos que serão executados em órbita, enquanto a equipe tentará captar o som remotamente.

A melhor parte disso tudo é que você também pode fazer parte do experimento. O projeto será realizado de forma colaborativa, por meio de um concurso que já está acontecendo pelo YouTube. Para participar, basta enviar a gravação do seu grito para o site de vídeos e, depois, preencher o formulário na página de envio do Scream in Space. Uma votação pública elegerá os dez primeiros colocados, os quais terão seus gritos enviados para o espaço.

Mas seja rápido: o concurso acaba no dia 5 de novembro de 2012, às 23h59. Quanto antes seu grito estiver online, mais votos ele receberá.

Um smartphone como satélite espacial

Obviamente, o nanosatélite não está sendo enviado com esse único propósito. O STRaND-1, como tem sido chamado, é um experimento à parte e que tenta levar um pouco do poder de um smartphone para a órbita terrestre, oferencendo assim uma plataforma de pesquisa viável e barata, graças aos inúmeros sensores e funções que esses aparelhos carregam.