Em fevereiro deste ano, a ARM anunciou o processador Cortex-A72, o qual deve começar a ser encontrado em aparelhos no mercado já em 2016. Nessa oportunidade, a empresa revelou que o componente de 64 bits ARMv8 possui o dobro do desempenho do atual Cortex-A57 e mais de 3,5 vezes o poder do Cortex-A15, além de consumir até 75% menos energia que esse modelo “ultrapassado”.

Depois de alguns meses sem maiores aparições dessa nova CPU, o Ars Technica teve acesso a uma apresentação do Cortex-A72, revelando um pouco mais do seu potencial de processamento, e as informações são animadoras.

Além de reafirmar os dados liberados no anúncio, o conteúdo dos slides mostra que o Cortex-A72 pode operar com um clock de até 2,5 GHz e alguns gráficos comparam a sua performance com o Intel Core-M, processador de 14nm muito utilizado em laptops, híbridos (mistura de tablets e notebooks) e ultrabooks.

Em alguns testes, o novo componente da ARM chega a superar o desempenho do produto da Intel, gerando a natural expectativa de termos a performance dos notebooks nos smartphones, guardadas suas devidas proporções e restrições de outras tecnologias envolvidas na produção dos celulares inteligentes.

Cupons de desconto TecMundo: