Uma notícia bombástica pegou de surpresa o mercado na manhã desta segunda-feira (18). De acordo com fontes da agência Reuters, a SoftBank, uma companhia de telecomunicações japonesa, estaria em processo para adquirir a ARM por US$ 32 bilhões (aproximadamente R$ 104 bilhões em conversão direta de acordo com a cotação atual).

Hoje, a ARM, uma fabricante britânica de processadores, domina o mercado internacional de smartphones, sendo a Apple e a Samsung – líderes do segmento – seus principais clientes. Um dos motivos que levou a empresa japonesa a ter interesse na compra seria exatamente sua forte presença no mercado de dispositivos móveis. Segundo estimativas, em 2015 mais de 15 bilhões de placas contém os processadores ARM.

Será?

Embora a notícia tenha fortes possibilidades de se confirmar, ainda não dá para dizer que ela acontecerá de fato. Outras empresas poderão demonstrar interesse e competir com a SoftBank na compra da fabricante britânica. A Apple poderia ser uma grande interessada, mas a Intel seria uma das maiores apostas, já que a gigante "perdeu a guerra" pelo processador de dispositivos móveis para a própria ARM.

Hoje a ARM é uma das maiores empresas do segmento tecnológico da Inglaterra. Caso o negócio venha a se confirmar, essa será uma das maiores transações já realizadas no mercado europeu. Ainda de acordo com a Reutres, a oferta de US$ 32 bilhões equivale a 70 vezes a renda anual da ARM em 2015.

Cupons de desconto TecMundo: